Estudo com medicamento para Diabetes em pacientes com Parkinson

Um estudo da Universidade de Londres sugere que um medicamento que normalmente é usado para tratar diabetes pode ter potencial para ajudar os pacientes com Parkinson. A possibilidade de usá-lo de forma eficaz e segura em pacientes está sendo testada neste momento.

O estudo consistiu em acompanhar 60 pacientes com Parkinson por 48 semanas, nas quais em metade dos pacientes a medicação foi administrada sob a forma de injeções e na outra metade um placebo. Nesse período os pacientes continuaram a tomar normalmente outros medicamentos para a doença.

Resultados do estudo

Os pesquisadores descobriram que as pessoas que usaram a medicação para diabetes tiveram melhorias em suas funções motoras quando foram tratadas. Emquando, aqueles que receberam o placebo encontraram uma diminuição em suas habilidades motoras após as 48 semanas do estudo.

Uma escala de 132 pontos mede as habilidades motoras dos pacientes, incluindo tremores, agilidade e fala. Os pacientes que testaram o medicamento tiveram uma vantagem em relação aos pacientes placebo em quatro pontos na escala, e a diferença ainda era notável mesmo 12 semanas após o término do tratamento.

O que a droga faz no tratamento da diabetes é controlar os níveis de açúcar no sangue, atuando em um hormônio chamado GLP-1. Esses sensores também são encontrados no cérebro e acredita-se que o medicamento faz com que essas células funcionem de forma mais eficaz.

“Este é o primeiro ensaio clínico que é feito de medicamentos em pacientes com Parkinson, em que encontramos este tipo de resultado. Acreditamos que o medicamento para diabetes não está apenas ocultando os sintomas, mas que está produzindo algo na doença “, explicou o médico da pesquisa.

Embora os resultados sejam positivos, eles ainda não são suficientes para permitir a aprovação e o uso deste medicamento em pacientes com Parkinson. Mais testes devem ser feitos, mas os resultados deste estudo são muito encorajadores.

Busque ajuda

Se você quiser ajuda para encontrar um neurologista especializado na sua região, preencha o nosso formulário para entrarmos em contato com você: http://parkinsoneeu.com/recupere-sua-vida/. E continue aprendendo mais sobre o Parkinson aqui no nosso blog, na nossa página do Facebook e no nosso canal do YouTube.

Fonte: http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(17)31585-4/fulltext.