Tratamentos Doença de Parkinson

Estudo avalia técnicas de Ressonância Magnética para possível diagnóstico precoce do Parkinson

Um estudo clínico irá testar o potencial de uma técnica específica de ressonância magnética para diagnosticar a doença de Parkinson de forma precoce.

O estudo está previsto para esse ano e será realizado na “University of Kentucky’s College of Medicine”, sendo liderado por George Quintero e Zai Guduru.

A doença de Parkinson é caracterizada pela perda progressiva da coordenação e dos movimentos e inclui sintomas como tremores e dificuldade de movimentos. Normalmente, as pessoas só descobrem a patologia quando os sintomas começam a se tornar visíveis.

O cérebro, entretanto, desenvolve alterações antes do surgimento dos sintomas. Detectar essas alterações poderiam auxiliar no início precoce do tratamento dos sintomas e, além disso, também retardar a progressão da doença.

Estudos anteriores mostraram que a apomorfina (Droga aprovada pelo FDA) ativou regiões do cérebro que são comumente afetadas pelo Parkinson. As atividades cerebrais foram mensuradas usando técnicas de oxigenação e ressonância magnética (Sigla em inglês BOLD-MRI). A apomorfina estimula a produção de dopamina na região cerebral, um hormônio que tem papel importante na doença de Parkinson.

Neste novo estudo, os pesquisadores irão avaliar as respostas cerebrais antes e depois da utilização da apomorfina em portadores de Parkinson e Tremor Essencial. Essas alterações serão mensuradas pelas técnicas de BOLD-MRI.

Se os resultados obtidos se mostrarem satisfatórios, a BOLD-MRI pode ser uma maneira de identificar precocemente o Parkinson e diferenciá-lo de outras doenças  neurodegenerativas.

Fonte: https://parkinsonsnewstoday.com/2020/03/25/study-to-test-mri-technique-for-early-parkinsons-diagnosis-university-kentucky/

Mantenha-se informado

Aprenda mais sobre alguns mitos e verdades sobre a doença de Parkinson.

Se você quiser ajuda para encontrar um neurologista especializado na sua região, preencha o nosso formulário para entrarmos em contato com você: http://parkinsoneeu.com/recupere-sua-vida/. E continue aprendendo mais sobre o Parkinson na nossa página do Facebook e no nosso canal do YouTube

*As opiniões expressadas pelos médicos, pesquisadores e especialistas não representam, necessariamente, as opiniões do Parkinson e Eu e da Medtronic. Trate com o seu médico a sua informação para diagnóstico e tratamento. Apenas o seu médico pode determinar qual terapia é ideal para você. A Medtronic mantém um cadastro geral de profissionais de diversas especialidades, e o recebimento desses dados não configura indicação, devendo sempre o paciente consultar a rede referenciada do plano de saúde, hospital de preferência ou realizar pesquisa pessoal de qualificação e adequação.