Estimulação Cerebral Profunda pode ajudar os pacientes de Parkinson a viverem mais tempo

A Estimulação Cerebral Profunda pode ajudar a prolongar a sobrevivência dos pacientes com Parkinson, de acordo com um novo estudo do Hospital Edward Hines, Jr. VA de Illinois, nos Estados Unidos.

Sobre o estudo

A pesquisa chamada de “Sobrevivência de pacientes com Parkinson após Estimulação Cerebral Profunda ou tratamento médico”, que foi publicada na revista médica Movement Disorders, consistiu em comparar os dados de dois grupos de adultos mais velhos com Parkinson: aqueles que receberam DBS versus aqueles que não receberam. No total, os dados dos anos de 2007 a 2013 foram analisados.

Os resultados mostraram que, em média, aqueles tratados com Estimulação Cerebral Profunda sobreviveram por mais tempo do que aqueles que não realizaram o tratamento. O primeiro grupo atingiu uma média de 6,3 anos de vida após o implante vs. 5,7 anos de vida do que são tratados apenas com medicação.

Muitos estudos foram conduzidos sobre o impacto da DBS nas funções motoras dos pacientes de Parkinson, mas a maneira pela qual ela afeta a longevidade não tem sido muito estudada. Os resultados podem fazer parecer que não há muita diferença entre a longevidade de pacientes implantados e não implantados; mas devemos considerar que, além disso, a estimulação cerebral mostrou ser capaz de melhorar a qualidade de vida. Este pode ser o primeiro fator que aumenta a vida dos pacientes.

O estudo também apontou que, muitas vezes, é mais fácil encontrar condições adicionais de saúde em pacientes implantados porque são monitorados de perto. Já com os pacientes medicados, não há o mesmo acompanhamento e é muito mais difícil detectar outras condições porque a doença pode ofuscar.

“Em termos gerais, a cirurgia provou ser muito positiva para pacientes”, explica a Dra. Frances Weaver, principal autora da pesquisa. Ainda há muito para entender sobre a doença e seus tratamentos e muito progresso foi feito na pesquisa sobre a DBS, mas ainda são necessários outros estudos para confirmar se a Estimulação Cerebral Profunda aumenta a longevidade dos pacientes.

Busque ajuda

Se você quiser ajuda para encontrar um neurologista especializado na sua região, preencha o nosso formulário para entrarmos em contato com você: http://parkinsoneeu.com/recupere-sua-vida/. E continue aprendendo mais sobre o Parkinson aqui no nosso blog, na nossa página do Facebook e no nosso canal do YouTube.

Fonte: https://parkinsonsnewstoday.com/2018/01/08/parkinsons-patients-may-live-longer-after-deep-brain-stimulation-surgery/.