Exercícios para os pacientes com Parkinson

Como aproveitar ao máximo os exercícios para os pacientes com Parkinson

As pesquisas e estudos recentes mostram que a atividade física oferece benefícios terapêuticos para os pacientes com Parkinson. Disciplinas como Tai Chi, boxe ou mesmo dança (como o tango, salsa, etc.), podem ajudar a melhorar a qualidade de vida desses pacientes.

No entanto, muitos pacientes com Parkinson ainda têm dúvidas sobre qual é o melhor exercício a se fazer, o mais eficiente para a sua condição, e quanto e com que frequência deve ser feito. A verdade é que os pesquisadores ainda não chegaram a um acordo sobre o que é melhor, pois é necessário realizar mais estudos com diferentes tipos de pacientes para chegar a uma conclusão.

O Parkinson evolui e se apresenta de forma diferente em cada paciente, por isso é importante que os exercícios sejam personalizados para cada paciente. Lembre-se sempre de conversar com seu médico sobre cada exercício e perguntar o que é melhor para você, levando em consideração a evolução da sua condição e do tratamento que está sendo feito. Muitos médicos contam com o apoio de um Fisioterapeuta para encontrar a melhor solução.

Dicas para você e seu médico trabalharem juntos:
  • 1. Desenvolvam exercícios sustentáveis e planejem o resultado a longo prazo. Assim como qualquer atividade física, os resultados só são alcançados a longo prazo se forem feitos regularmente;
  • 2. Tentem variar os exercícios praticados. Existem muitas atividades que podem ajudar a mudar a rotina e intercalar os exercícios fazem com que seja menos monótono e cansativo;
  • 3. Desafiem-se a tentar exercer atividades de alta complexidade, como boxe e dança, que requerem o desenvolvimento da coordenação, concentração e equilíbrio;
  • 4. Incluam exercícios cardiovasculares que apresentam desafios;
  • 5. Explorem algo que seja particularmente difícil para você. Se você tem dificuldade para se mover de uma certa maneira (como rolar na cama ou fazer uma curva), tente trabalhar com exercícios que desenvolvam esses movimentos.

Continue aprendendo mais sobre o Parkinson e como recuperar a qualidade de vida aqui no nosso blog, na nossa página do Facebook e no nosso canal no YouTube.

Fonte: https://www.michaeljfox.org/foundation/news-detail.php?how-do-know-if-doing-the-right-exercise-for-parkinson-disease&os_cid=fb-a30U0000000OWED&s_src=MJFFfb&s_subsrc=right_exercise