Terapias Complementares

Muitas pessoas com a doença de Parkinson estão interessadas em terapias complementares, como acupuntura, aromaterapia e fitoterapia. Estes tratamentos não convencionais são muitas vezes baseados em técnicas que existem há centenas de anos.

Embora haja pouca evidência científica sobre terapias complementares e o Parkinson, muitas pessoas com a doença parecem encontrar técnicas de terapia complementares úteis, especialmente em termos de relaxamento, redução do estresse e depressão. Esta seção fornece orientações sobre terapias complementares em geral, bem como técnicas específicas que as pessoas com a doença têm testado.

Sempre consulte seu médico antes de tentar qualquer forma de terapia complementar. Dependendo de como a doença de Parkinson afeta você, algumas técnicas podem não ser apropriadas, e alguns medicamentos à base de plantas podem ter uma má reação com os medicamentos usados para tratar a doença.