O que é a Estimulação Cerebral Profunda?

A medida que a doença de Parkinson progride, é provável você notar que a medicação não é mais capaz de controlar adequadamente os seus sintomas. Se isso acontecer, o médico pode recomendar o tratamento com Estimulação Cerebral Profunda (DBS), também usada para tratar outros distúrbios, tais como Distonia e Tremor Essencial.

DBS não é indicada para todos os pacientes, nem para todos os distúrbios de movimento, por isso é importante conversar com seu médico sobre os potenciais benefícios e riscos. Esta conversa irá ajudá-lo a determinar se DBS é a terapia mais eficaz para os seus sintomas específicos.

Potenciais Benefícios

Nos pacientes indicados, DBS pode oferecer períodos mais longos de alívio dos sintomas motores, como tremores, rigidez e movimentos lentos. Pode também reduzir a frequência e duração dos movimentos involuntários anormais (Discinésia) que ocorrem frequentemente como efeito secundário da medicação. No geral, estes benefícios podem melhorar a qualidade de vida.

Além disso, em alguns casos, se com a DBS for possível alcançar um controle eficaz dos sintomas, você pode reduzir a quantidade de medicação que precisa tomar. Isto pode ser particularmente favorável durante a gravidez.

DBS é reversível, já que o neuroestimulador pode ser desligado a qualquer momento e pode ser removido, se necessário, em uma cirurgia adicional.